Tuesday, November 21, 2006

Ordem através do caos

Matéria interessante que eu vi hoje fala sobre cidades européias que estão tentando melhorar o comportamento dos motoristas através da desregulação do trânsito. Aqui nos EUA acontece um fenômeno semelhante, mas não é exatamente o mesmo. Por aqui o número de semáforos em cruzamentos é bastante reduzido e muitos cruzamentos são regulados apenas por placas de "Stop"; quem chegou primeiro cruza primeiro. Além disso, em muitos lugares a conversão a direita é permitida mesmo durante o sinal vermelho, mas as outras vias tem a preferência. Aliás isso é um absoluto. Em todos as travessias de pedestre sem semáforo, o pedestre tem a preferência. Se um pedestre estiver na beira de uma travessia ou atravessando ou começando a atravessar o carro deve freiar.

A explicação dos mentores do princípio da desregulação é que o excesso de regulação tira do motorista todo o senso crítico e ele passa a ser mais agressivo. Talvez um mínimo de regulação seja necessário, afinal o sistema sem placas depende do bom senso dos participantes e sistemas como esse são insustentáveis se existir no grupo um ou dois elementos sem-noção. Mas que o sistema americano com menos placas dá realmente um ar mais orgânico e mais civilizado pro local. É como se eles jogassem nos motoristas a responsabilidade de ser educado. Um outro aspecto a se explorar é que esses sistemas não funcionariam em um lugar com tráfego forte de carros. Porque numa situação dessas, todo mundo fica mais estressado e agressivo. Seria o mesmo que confiar numa torcida organizada.

1 comment: