Monday, October 04, 2010

Sobre a discrepância entre o resultado das pesquisas e das urnas

De acordo com Marcos Coimbra do Vox Populi, Dilma teria que perder oito milhões de votos em quatro dias para não ir para o segundo turno. Alguns blogs atribuem isso à vigarice de institutos de pesquisa.

Há, porém, uma explicação mais simples. O método de escolha dessas pesquisas é diferente da urna eletrônica. No primeiro caso, o eleitor é perguntado qual candidato ele vai votar. E eu não duvido muito que uma resposta como "Lula", "o candidato do Lula" e respostas do gênero sejam computadas como votos pra Dilma.

Já na urna, a história é outra. O eleitor vai na maquininha, pressiona 13 e ao invés disso,




ele vê isso:


Pronto. Explicado.

No comments:

Post a Comment